Breaking News
Loading...
quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015


Venho trazer uma pequena palavra aos irmãos.

Jesus veio ao mundo para estabelecer seu reino? E, se isso fosse a sua intenção, que tipo de reino seria? Ele conseguiu? Ou será que ele mudou de ideia?

Todas essas perguntas e muitas outras surgem quando confrontamos o premilenarismo. Essa doutrina afirma que o nosso Senhor pretendia estabelecer seu reino aqui na terra por mil anos . . . mas, algo deu errado. Aqueles que ele queria incluir no seu reino, os judeus, o rejeitaram. Uma vez que o plano dele foi frustrado, ele partiu para plano "B", decidindo adiar o estabelecimento do seu reino e fundando a igreja no ínterim.

Tal doutrina enfrenta dificuldades quando examinada à luz das Escrituras. Uma vez, os seguidores de Jesus queriam tomá-lo à força para o fazer rei (João 6:15). Porém, ele fugiu aos montes para evitar que fosse feito rei. Ele disse, também: " O meu reino não é deste mundo". Se fosse deste mundo, ele explicou, seus discípulos participariam de batalhas físicas para colocá-lo no seu trono merecido (João 18:36-37). Davi profetizou que a oposição mais poderosa —os gentios, povos, reis e príncipes— não impediriam o estabelecimento do reino (Salmo 2). O autor inspirado, Lucas, revela o tempo e o lugar do cumprimento desta profecia. Ele disse que foram Herodes, Pôncio Pilatos, gentios e israelitas que subiram contra o Ungido do Senhor (Atos 4:24-27). Assim Deus, de fato, estabeleceu seu reino exatamente como ele planejou: "Constituí o meu Rei sobre o meu santo monte Sião" (Salmo 2:6).

O reino, porém, não é físico, nem tocável nem visível. "Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo" (Romanos 14:17). Para estudar mais sobre a natureza espiritual do reino de Deus, veja Colossenses 1:13; Hebreus 12:28 e Apocalipse 1:6.




Deus seja louvado!


Por: Marcos Rodrigues



2 comentários:

  1. Os posts do irmão são sempre grandes, porque esse ficou tão pequeno? (não estou criticando viu?!)

    ResponderExcluir

Você tem plena liberdade para comentar. Só siga algumas regras:

NÃO serão aceitos comentários que:

→ Forem desagradáveis ou conterem insultos e xingamentos;
→ Desviarem do assunto;
→ Contiverem LINKS, SPAM, endereços eletrônicos;
→ Usarem CAPS em excesso;
→ Conterem racismo, preconceito e intolerância religiosa.
→ Eu peço aos meus leitores que se inscrevam no blog, na opção "Participar deste site'', para que o avatar de vocês
apareça quando vocês fizerem seus comentários.
Não estou mendigando seguidores é só um pequeno aviso.