Estudo: As igrejas do Apocalipse - Igreja de Tiatira



Tiatira: A igreja tolerante.

O problema em Tiatira foi iniciado e fomentado por uma mulher apóstata, membro da igreja. No lugar de "aquela mulher", alguns antigos manuscritos trazem "sua mulher", que pode significar "esposa". Ou seja, a esposa do pastor. Qualquer que seja o caso, o pastor e a igreja toleravam-na porque a consideravam uma espécie de profetisa. Jesus, entretanto, a chama Jezabel. Apesar de todas as coisas boas que Jesus disse sobre a igreja em Tiatira, Ele, contudo, tem outras contra ela. O problema em Pérgamo parece ter se originado por pressões vindas de forças pagãs e fora da igreja. Em Tiatira, o problema era muito mais interno.

Em verdade, ela é pior que a Jezabel do Antigo Testamento. Para resumir, Jezabel era a esposa do rei Acabe, que tentou substituir a adoração ao Senhor, em Israel, pelo culto profano a Baal. Em Tiatira, com a tal mulher que se dizia profetisa, acabavam por colocar suas palavras e os ensinamentos dela acima dos ensinamentos de Cristo e de seus apóstolos.

Não somente ensinava o que era mal aos olhos de Deus, como cometer adultério espiritual, participar das adorações idólatras e imorais, como também seduzia, com uma maldita astúcia aos crentes que realmente procuravam servir ao Senhor com fidelidade. Note que Jesus chamou a estes de "meus servos".

As boas coisas que Jesus disse da igreja de Tiatira poderiam ser ditas sobre eles, aos poucos que permaneceram fiéis aos seus mandamentos. Contudo, estavam agora sob a influência da profetisa, que os enfeitiçou com seus ensinos errôneos. Deram ouvidos para ela como ovelhas hipnotizadas.

As profecias devem ser testadas pelas Escrituras. Não podem ser baseadas em um único versículo ou em metade deste. As profecias devem estar de acordo com os grandes ensinamentos da Bíblia. Os que pertencem ao corpo de Cristo devem julgá-las. Assim à medida que nos aprofundamos mais na Palavra de Deus, cabe a nós julgarmos também, pois o Senhor nos dará conhecimento e iluminará nossa mente com sua maravilhosa Luz para discernimos a verdade. 

Bem sabe do que eu estou a falar, não? Aquelas pregações estapafúrdias que ocorrem nos templos atuais, em que surgem mil "profetas" e "profetisas" vindo Deus-sabe-da-onde, que preveem quem ganhará as eleições, quem irá morrer, quem irá para a Glória, e fascinam a igreja com piruetas, rodopios e línguas inventadas por eles mesmos. Fujam deste tipo de coisa! 

Jesus já havia tratado com esta igreja, e lhe concedeu um período de tempo/espaço para que se arrependessem de seus erros. Porém, Tiatira não se arrependeu de sua fornicação, o adultério moral e espiritual. Ela não mudou suas atitudes, e ainda ensinava que a mistura da verdadeira adoração com práticas pagãs não representavam qualquer pecado.

Não seja como a igreja de Tiatira, que sabia muito bem que andava no caminho torto, e ainda assim, recusou-se a concertar-se permanecendo no eterno erro.






Comentários

Postagens mais visitadas