Breaking News
Loading...
sexta-feira, 3 de julho de 2015


Pedro: João 21,18 sugere que Pedro morreu na cruz. Clemente de Roma, que morreu em 95 depois de Cristo, diz que a sua morte aconteceu no tempo de Nero, por volta do ano 64. A tradição posterior diz que os romanos crucificaram Pedro de cabeça para baixo, pois o apóstolo teria pedido de não ser comparado com Cristo. Uma outra tradição diz que no período em que devia ser crucificado, encontrou, às portas de Roma, Jesus que lhe perguntou: quo vadis? (aonde vai?). Isto aconteceu enquanto Pedro estava fugindo de Roma para evitar a morte; o encontro teria mudado a sua decisão e voltou para Roma.



André: A tradição do martírio desse apóstolo está ligada à ‘cruz de santo André’, em forma de x, presente na bandeira da Escócia. Portanto teria sido crucificado numa cruz em forma de x.

Tiago: o irmão de João, como conta Atos 12,1-2, foi martirizado em Jerusalém, por causa da perseguição de Horedes Agripa, por volta do ano 40 depois de Cristo. Em Jerusalém teve um papel importante na comunidade nascente. Na Espanha é conhecido como Santiago e uma tradição diz que ele, depois da ressurreição, foi anunciar o Evangelho naquele país. Além disso, conta-se que, depois do martírio, os restos mortais viajaram, milagrosamente até à Espanha, onde está o seu túmulo.



João: Conta-se que morreu com cerca de 100 anos. Foi preso, em Éfeso, no tempo do imperador Domiciano, em 89, e levado até Roma onde é condenado à morte. A pena, porém, foi mudada em exílio, em Patmos. Passou alguns anos naquela ilha e voltou para Éfeso, onde morreu.



Filipe: Atos dos Apóstolos afirma que ele se encarregou da evangelização da Samaria e de Cesaréia. Parece que era casado e tinha filhos (Atos 21). A respeito da sua morte sabemos pouco. Alguns dizem que morreu em Hierapolis, também crucificado, mas outras tradições afirmam que por causas naturais.



Bartolomeu: é o apóstolo, amigo de João, que pergunta: Por acaso vem alguém que presta de Nazaré? A tradição diz que foi um grande missionário e que teria chegado até na Índia. Quanto à sua morte, conta-se que foi martirizado, tendo sido tirada a sua pele, provavelmente na Síria.

Tomás: É o apóstolo que não acredita na ressurreição de Jesus, que pretende tocar o Cristo ressuscitado. Mas é também aquele que diz: Vamos morrer com Ele. Ele teria evangelizado na Síria e na Pérsia, mas sobretudo em Índia, onde foi teria sido martirizado



Mateus: O cobrador de impostos e escritor de um evangelho teria morrido em Etiópia e o seu túmulo se encontra em Salerno, na Itália.



Tiago Menor: . Não sabemos quase nada da sua morte, mas pode ter sido martirizado em 62 depois de Cristo.



Judas Tadeu:  Teria morrido mártir no ano 70, em Mesopotamia.


Simão: Morreu, como conta a tradição, junto com Judas Tadeu, na Mesopotamia. É o apóstolo associado ao movimento dos revoltosos da Palestina contra o império romano, os Zelotas.



Judas Escariotes: Traiu Jesus com 30 moedas. Mateus conta que, depois da morte de Cristo, ele se inforcou ((27,3-5). Atos dos Apóstolos conta que foi substituido por Matias.

2 comentários:

  1. Missionário da paz7 de julho de 2015 18:36

    Faltou Estevão, que apesar de não ser apóstolo, morreu apedrejado por amor a Jesus.

    ResponderExcluir
  2. Como vcs pesquisaram tudo isso? Eu não conseguir achar na Bíblia!

    ResponderExcluir

Você tem plena liberdade para comentar. Só siga algumas regras:

NÃO serão aceitos comentários que:

→ Forem desagradáveis ou conterem insultos e xingamentos;
→ Desviarem do assunto;
→ Contiverem LINKS, SPAM, endereços eletrônicos;
→ Usarem CAPS em excesso;
→ Conterem racismo, preconceito e intolerância religiosa.
→ Eu peço aos meus leitores que se inscrevam no blog, na opção "Participar deste site'', para que o avatar de vocês
apareça quando vocês fizerem seus comentários.
Não estou mendigando seguidores é só um pequeno aviso.